Setor de transferes de aeroporto e transporte turístico dá sinais de recuperação

O software Transfergest, usado por cerca de 1200 condutores de transferes e transportes turísticos e respetivos parceiros de negócio a nível nacional, registou um aumento de 75,1% no número de serviços realizados em 2021, em comparação com o registo homólogo em 2020, revela a OSB em comunicado.

Na comparação entre os dois períodos observa-se um aumento de 65,6% no número de passageiros transportados de e para os aeroportos nacionais. «É importante referir que cerca de 54% do movimento de transferes de aeroporto ocorreu a partir de setembro e até ao final do ano, o que poderá estar relacionado com a retoma da procura na época baixa».

Um claro indicador da retoma da procura do mercado turístico externo, é «o facto de que 83% dos serviços estão relacionados com partidas e chegadas nos aeroportos internacionais», avança a empresa responsável pelo software Transfergest, acrescentado que outro dado a reter «é que a quebra face a 2019 se situou em 35%, quando em 2020 tinha sido de 61%, o que representa mais um sinal de recuperação do movimento originado nos transferes de aeroporto».

Para a OSB, a análise dos dados permite verificar que «a região com maior registo de serviços de transporte de passageiros foi o Algarve com 49%, seguido de Lisboa com um total de 36%, o Norte a registar 11% e finalmente os Açores e a Madeira com 4% dos serviços registados a nível nacional».



Comentários
Loading...