OCDE promove plano para regresso às viagens internacionais com a máxima segurança

A OCDE apresentou, no encontro anual em Paris, um guia (OCDE Blueprint) para promover as viagens internacionais seguras durante a pandemia, que inclui um fórum de partilha de conhecimento em tempo real entre governos e stakeholders, assim como um sistema de semáforos de risco, instruções sobre a certificação da vacinação; protocolos na testagem a viajantes em diferentes circunstâncias, entre muitos outros.

A OCDE recorda que o turismo internacional caiu cerca de 80% e, em média, para os países da OCDE, pré-pandemia, o turismo representava 4,4% do PIB, 6,9% do emprego, 21,5% das exportações de serviços.

“A OCDE está numa posição única para ajudar os países a coordenar a reabertura das viagens a nível internacional”, afirmou o secretário-geral da OCDE Angel Gurría.

Sem regras comuns internacionais, várias regras regionais, por vezes confusas e inconsistentes, continuarão a confundir o viajante internacional, desencorajando as viagens. Também tem aumentado a incidência de certificados fraudulentos e dificultam o trabalho das entidades públicas no controlo da pandemia.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...