Deixe o frio europeu para trás e vá conhecer esta ilha brasileira

Este arquipélago de 21 ilhas situa-se no Estado de Pernambuco, Brasil, e possui uma área total de 26 quilómetros quadrados de praias, miradouros e vegetação terrestre e marinha.

É um destino que se destaca pelas suas paisagens naturais, espetaculares pores do sol e uma variedade de atividades direcionadas a casais, grupos ou até mesmo para quem viaja sozinho. Sem grande rede hoteleira, as pousadas familiares são a principal opção para hospedar os turistas, proporcionando uma estadia personalizada e caseira.

Na ilha principal do arquipélago, também conhecida por Fernando de Noronha, está situada uma das melhores praias do mundo, segundo o TripAdvisor’s Travelers’ Choice Awards 2021.

É a Baía do Sancho, uma longa e remota enseada que só pode ser alcançada ao descer uma íngreme escada no meio das rochas. A sua pequena dimensão e acessibilidade limitada têm permitido que seja preservada em perfeitas condições. A areia dourada, a água turquesa, a flora e a fauna exóticas, são também elementos marcantes.

Declarada Património da Humanidade pela UNESCO, Fernando de Noronha abriga praias icónicas como a Praia do Leão, a Praia do Cachorro e a Praia da Conceição, além de miradouros onde os turistas podem desfrutar de amanheceres e entardeceres espetaculares.

Contato com a natureza: Surf e mergulho são duas das principais atrações da ilha. A temperatura constante ao longo do ano, cerca de 26º C, aliada às águas límpidas, proporcionam uma excelente visibilidade que convida à prática do mergulho, onde é possível observar corais, peixes, tartarugas, golfinhos e tubarões.

A temporada de surf decorre de Dezembro a Fevereiro, sendo estes os meses ideais para aproveitar o Atlântico. As recomendações para os praticantes de surf são as praias de Cacimba do Padre, Praia da Conceição e Praia do Boldró.

Também para os amantes de golfinhos, este arquipélago é um local único para visitar, uma vez que a Baia dos Golfinhos alberga o maior aquário natural do mundo, onde estes animais vêm para acasalar. A primavera brasileira, que corresponde ao outono europeu, é, também, a melhor época para a observação de tartarugas, principalmente, na Praia do Leão, onde as fêmeas vêm para desovar.

A única maneira de chegar a Fernando de Noronha é de avião, partindo de Recife ou de Natal.

Para viajar, atualmente, para Fernando de Noronha, é necessário apresentar à companhia aérea responsável pelo voo e antes do embarque, um documento comprovativo da realização de um teste antigénio – realizado até vinte e quatro horas anteriores ao momento do embarque -, ou um teste laboratorial RT-PCR – realizado até setenta e duas horas antes do momento do embarque – com resultado negativo ou não detetável.

Os passageiros devem também apresentar um comprovativo do preenchimento da Declaração de Saúde do Viajante – DSV, impresso ou em suporte digital. A declaração deverá ser preenchida nas vinte quatro horas antes do embarque – de acordo com as medidas sanitárias aplicadas ao período de estadia.

Além disso, para preservar estas maravilhosas ilhas e fazer de Fernando de Noronha uma experiência única, o Governo cobra uma taxa de preservação ambiental de aproximadamente 13€ por dia. Recomenda-se levar dinheiro, pois há muitos locais que não aceitam cartões de crédito e não há grande disponibilidade de multibancos.

Ler Mais


Comentários
Loading...