Terceira dose da Covid-19: Maiores de 80 anos começam a ser chamados a partir de hoje

Os maiores de 80 anos serão chamados a partir desta quinta-feira, dia 14 de outubro, para levarem a terceira dose da vacina contra a Covid-19, tal como estipulado pela Direção Geral da Saúde (DGS).

O anúncio deste calendário foi feito na passada segunda-feira – dia em que o processo arrancou nos lares – pela diretora geral da saúde, Graça Freitas.

“Na quinta-feira começam a ser convocadas pessoas com 80 ou mais anos”, disse Graça Freitas, sublinhando que “a terceira dose começa a ser dada seis meses após a segunda”.

A vacinação com a terceira dose arrancou de forma geral na segunda-feira, dia 11 de outubro. Contudo, alguns casos pontuais – imunossuprimidos com mais de 16 anos – já iniciaram o processo há mais tempo.

Espera-se que esta fase de vacinação com a terceira dose fique concluída até finais de dezembro, ainda que não haja uma data definida, dependendo da evolução de todo o processo.

A Direção Geral da Saúde (DGS) estima que estejam abrangidas cerca de 2,3 milhões de pessoas nesta fase, que é composta por dois grupos: os imunodeprimidos, cujo reforço da vacina contra a covid-19 já foi iniciado, e as pessoas com mais de 65 anos.

Neste momento é dada prioridade a pessoas que residem em lares e estruturas similares ou que tenham mais de 80 anos, sendo que o critério principal será a idade, com a vacinação a decrescer nos vários grupos etários (como aconteceu com as primeiras doses).

Podem receber a vacina as pessoas desses grupos que já tiveram a vacina da gripe há 14 dias e que já têm o intervalo para poderem ter o reforço da vacinação contra a covid-19.

Para já esta terceira dose está apenas aprovada para a Pfizer, uma vez que “foi aquela que fez ensaios, apresentou resultados à Agência Europeia do Medicamento e foi aprovada”, explicou na altura Graça Freitas. No caso da Moderna, a empresa “já começou a fazer o mesmo processo mas ainda não foi aprovada”, sublinhou.

Há vacinas que estão a ser administradas nos centros de saúde e outras em centros de vacinação, num total de cerca de 340 pontos de vacinação.

Apesar de ainda não ter sido descrito o processo logístico, uma fonte da DGS referiu que deverá ser igual ao processo anterior, ou seja, por SMS ou telefone.

Ler Mais


Comentários
Loading...