Red Bull vai ter carro de produção em 2025: custa 5,8 milhões de euros e vai debitar mais de 1.100 cv

A Red Bull já conquistou um estatuto no mundo automóvel de competição, em particular na Fórmula 1, com a Red Bull Racing e a Red Bull Advanced Technologies. Mas a intenção da marca é agora atacar o sector de carros de produção, uma intenção já antes notada durante a colaboração com a Aston Martin para o desenvolvimento do Valkyrie.

Em 2025, a Red Bull prepara a entrada numa nova dimensão, com a apresentação do seu primeiro carro de produção: o RB17, da ‘responsabilidade’ de Adrian Newey, diretor técnico da Red Bull Racing.

“O RB17 destila tudo o que sabemos sobre o design da Fórmula 1, num pacote que oferece níveis extremos de desempenho num carro de dois lugares pronto para a pista. Impulsionado pela nossa paixão pelo desempenho em todos os níveis, o RB17 ultrapassa os limites do design e da tecnologia”, apontou Newey.

A Red Bull já partilhou alguns detalhes técnicos: sob o capô, estará um V8 híbrido bi-turbo que vai desenvolver mais de 1.100 CV. A empresa austríaca especificou ainda que o veículo terá o “sistema de efeito de solo mais avançado disponível num carro de produção” e que será desenvolvido em torno de um chassis composto de carbono.

O objetivo é montar apenas 50 veículos, à razão de 15 por ano, a partir de 2025. Segundo a ‘Autocar’, a maioria dos veículos já tem dono, embora o preço esteja situado nos 5,79 milhões de euros. Os clientes que assinarem um formulário de pedido terão acesso à fase de desenvolvimento, bem como aos testes no simulador. Assim que o carro for desenvolvimento, os clientes serão acompanhados em sessões de treino em circuito.

Este modelo não será homologado para uso em estrada mas terá no entanto direito a um kit de conversão, o que vai permitir a homologação e, portanto, a possibilidade de circular em estradas abertas.

“O RB17 é um marco importante na evolução da Red Bull Advanced Technologies, agora totalmente capaz de criar e fabricar um carro de produção no nosso Red Bull Technology Campus. Além disso, o RB17 será o primeiro carro da marca Red Bull disponível para colecionadores”, garantiu Christian Horner, CEO da Red Bull Racing e Red Bull Advanced Technologies.

Ler Mais


Comentários
Loading...