Mulher que pedia na rua para comer ganha prémio da lotaria de 1,2 milhões de euros

Uma mulher espanhola, com cinco filhos, que se viu obrigada a ir pedir para as ruas de Alicante depois da pandemia da Covid-19 não conteve as lágrimas “de alegria” depois de saber que tinha vencido um prémio de 1,2 milhões de euros no Bonoloto, revelou o jornal espanhol ‘El País’.

Foi depois do seu dia habitual, em que todos os dias entre as 9 e as 14 horas pedia dinheiro, roupa ou comida diante de um supermercado num bairro da cidade espanhola, que passou na tabacaria onde todos os dias carimbava um bilhete do jogo de sorte ou azar. A mulher, que não sabe ler nem escrever, passou pelo estabelecimento onde tinha registado a lotaria e disse à proprietária Mari Torregrosa: “Acho que os números que saíram na televisão são iguais aos que tenho. O que é que isso significa?”, perguntou.

Mari Torregrosa conta que a primeira coisa que Mercedes fez depois de ganhar a lotaria foi “comprar uns chinelos de 5 euros”, que lhe foi mostrar e agradecer. “Tu mudaste a minha vida”, disse Mercedes, antes de dar um abraço de agradecimento a Mari.

Os donos da tabacaria souberam na noite de segunda-feira que tinha sido distribuídos um prémio. No dia seguinte, da sede da LAE em Alicante, confirmaram que o bilhete premiado era uma aposta de 1 euro. A máquina preencheu-o automaticamente. “Esperámos toda a manhã que a sortuda viesse”, recordou Agorreta, “e em princípio descartámos a Mercedes porque ela ainda estava no seu lugar, a pedir junto do banco”.




loading...
Comentários
Loading...