Era a única ilha do mundo livre da Covid-19…. até agora

É um tempo que já lá vai: reabertas as fronteiras a 10 de janeiro, mal aterrou o primeiro avião – um voo da Fiji Airways, que fez a ligação das ilhas Fiji para a capital de Kiribatu, Tarawa – dois terços dos passageiros a bordo deram positivo para a Covid-19.

Segundo os testes feitos à chegada, 46 das 54 pessoas a bordo estavam infetadas com o vírus. Segundo as autoridades estão bem e a cumprir quarentena.

Mas não são os únicos. Um guarda das instalações onde o grupo ficou, e outras duas pessoas ali alojadas, também já testaram positivo.

Perante isto, os líderes de Kiribati anunciaram que, a partir de segunda-feira, impõem um confinamento de pelo menos quatro dias em toda a ilha, em conjunto com o recolher obrigatório nas próximas duas semanas.

Com as escolas fechadas, os residentes só estão autorizados a deixar as suas casas para fazer compras essenciais e dar assistência médica.

Entretanto, as autoridades tentam averiguar o que se passou com aquele grupo de passageiros, que estaria obrigado a uma quarentena de duas semanas antes da partida – além de ter sido testado antes do embarque – suscitando questões sobre a forma como contraíram o vírus.

Ler Mais


Comentários
Loading...