Covid-19: Aumento de casos graves está a pressionar hospitais, alerta Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos considera preocupante a pressão nos hospitais com o aumento dos internamentos por covid-19, já que a capacidade assistência a outro tipo de doenças começa a ficar diminuida, disse esta quarta-feira em declarações à TSF.

“Por exemplo, antes de ontem, o Hospital Beatriz Ângelo já dedicou mais uma enfermaria a doentes Covid”, relatou à TSF. “A resposta existe, não estamos numa situação crítica. Estamos longe de estar numa situação crítica, mas nós temos mais doentes graves com Covid, e os doentes graves estão a aparecer.”

O bastonário sublinhou ainda, à mesma rádio, que há “doentes que já foram vacinados e que também estão internados”, ressalvando que o maior problema nos hospitais atualmente é a redução de capacidade para doentes não covid devido ao aumento da pressão com internamentos por covid-19: “De cada vez que eu tenho uma enfermaria com doentes Covid, eu não posso ter lá doentes não-Covid”

“Estamos numa fase crítica na recuperação de muitos milhares de doentes que ficaram para trás”, diz. E deixa o alerta: “Não podemos facilitar. Não pode haver as festas de São João e de Santo António, claro que não pode.”





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...