Combustíveis seguem direções opostas na próxima semana. Atestar com gasóleo fica 5 euros mais caro, encher com gasolina vai custar menos 2,5 euros

Vêm aí boas e más notícias para os condutores portugueses. Os preços dos combustíveis vão seguir direções opostas na próxima semana: Segundo fonte do sector contactada pela Multinews, nas principais petrolíferas nacionais, “a orientação será para uma descida do preço da gasolina em até 2 cêntimos por litro. Em sentido inverso, o gasóleo deverá ficar 13 cêntimos mais caro.”

Os postos de marca própria – que normalmente funcionam junto aos hipermercados – seguem a tendência e reportam “uma descida de 0,0369 euros na gasolina e uma subida de 0,0822 euros no gasóleo”, adiantou outra  fonte.

Já as taxas unitárias do ISP vão permanecer inalteradas, mantendo-se a aplicação dos descontos atualmente em vigor, garantiu na sexta-feira passada o Ministério das Finanças, em comunicado, voltando a ser feito o reajustamento no dia 17 de junho.

Desde o início do ano, o preço da gasolina já subiu 19 vezes e desceu apenas quatro, mostra a DGEG. No que diz respeito ao gasóleo, houve 16 subidas e seis descidas desde janeiro. Neste período, o preço do gasóleo valorizou 40 cêntimos por litro enquanto que o da gasolina ficou 52 cêntimos mais caro.

Isto quer dizer que encher um depósito de 60 litros de gasóleo custa mais 24 euros do que em janeiro. Já para atestar um depósito de gasolina são precisos mais 31 euros do que na primeira semana do ano.

Na próxima segunda-feira, e tendo em conta a subida anunciada, a fatura para atestar um depósito de 60 litros de gasóleo vai ficar cerca de cinco euros mais cara. Já para encher um depósito a gasolina vai gastar menos 2,5 euros.

Os dados da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) mostram que o preço médio do litro do gasóleo simples em Portugal custa atualmente 1,906 euros por litro, enquanto que o da gasolina simples 95 vale 2,188 euros. O mais recente boletim sobre combustíveis da Comissão Europeia indica que Portugal tem a sexta gasolina 95 mais cara dos 27 países da União Europeia. Já o gasóleo ocupa a 15ª posição do ranking europeu.

 

Ler Mais


Comentários
Loading...