“Caso Medina”: JSD e JP protestam hoje em frente à Câmara Municipal de Lisboa

 A Juventude Social Democrata e a Juventude Popular convocaram hoje uma manifestação “pela Democracia e pela Liberdade”, em frente da Câmara Municipal de Lisboa, nos Paços do Concelho, às 18h, como forma de protestar contra o envio de informações, por parte da CML para a Embaixada russa, sobre três ativistas pró Alexei Navalny. 

 

 Para o Presidente da JSD, Alexandre Poço, “está em causa uma situação gravíssima, uma vergonha que não podemos ignorar, um ato que exige a nossa ação em defesa da liberdade e da democracia”.

Já Francisco Camacho, Presidente da JP, afirma “a identificação de cidadãos que se manifestam contra a existência de presos políticos deve cobrir de vergonha o Partido Socialista e Fernando Medina. Estamos a falar de uma traição para todos aqueles que combatem a favor da liberdade”.

Os jornais Expresso e Observador noticiaram na quarta-feira que a Câmara Municipal de Lisboa fez chegar às autoridades russas os nomes, moradas e contactos de três ativistas russos que organizaram em janeiro um protesto, em frente à embaixada russa em Lisboa, pela libertação de Alexey Navalny, opositor do Governo russo.

O embaixador da Rússia em Portugal reforçou que os dados dos manifestantes foram eliminados e que a partilha de informações “não é um caso único”.

 

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...