Brasil aguarda lote de três milhões de vacinas da Johnson & Johnson

O ministro da Saúde brasileiro, Marcelo Queiroga, anunciou na terça-feira que o país vai receber um primeiro lote de 3 milhões de doses da vacina de dose única Johnson & Johnson contra a covid-19 19 nos próximos dias, segundo a Reuters.

O governante indicou que, porém, a exportação dessas remessas dos Estados Unidos ainda está dependente de autorização da Food and Drugs Administration.

“Claro, se a decisão do FDA se atrasar, essas 3 milhões de doses poderão deixar de ser úteis para nós (…)”, explicou Queiroga, aquando da comissão de inquérito do Senado.

Dado que o referido lote de vacinas expira em 27 de junho, as doses teriam de ser administradas “muito rapidamente” no âmbito do programa nacional de imunização do Brasil antes de expirarem.

O Brasil assinou um acordo com a Janssen para receber 38 milhões de doses para entrega no último trimestre deste ano.

O governo brasileiro está a ser investigado pela comissão do Senado por atrasos na receção de vacinas, que os políticos atribuem à visão anti-vacina do presidente Jair Bolsonaro.

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...