Renault com novas motorizações para os modelos topos de gama

A Renault vai passar a dispor no mercado nacional, a partir do primeiro trimestre do próximo anos, de uma nova geração de motores diesel e a gasolina para os modelos topos de gama Talisman Berlina, Talisman Sport Tourer (foto) e Espace e os desportivos  Alpine A110, Mégane R.S. e Mégane R.S. Trophy.

Foto: Renault

Mais eficientes e com um conforto de condução acrescido, estas novas motorizações integram tecnologias de redução das emissões poluentes, que lhes permitem cumprir as mais recentes normas europeias antipoluição.

O novo motor a gasolina TCe 225 EDC FAP incorpora a tecnologia de despoluição FAP (filtro de partículas). Tendo como base um bloco quatro cilindros 1,8 litros turbocomprimido e de injeção direta, este motor foi desenvolvido pelos engenheiros da Renault e da Renault Sport, assumindo-se como o novo ex-líbris da estratégia do Grupo Renault para os motores a gasolina.

Está disponível em várias configurações, com potências entre os 225 e os 300 cavalos, equipando os modelos topo de gama da Renault, bem como os modelos desportivos Alpine A110, Mégane R.S. e Mégane R.S. Trophy.

Na versão TCe 225 EDC FAP, este novo motor está disponível nos modelos Espace e Talisman e integra um conjunto de tecnologias, como o turbocompressor de dupla entrada ou ainda a distribuição variável de três posições, que permitem otimizar a eficiência e obter desempenhos equivalentes aos de um motor de 2 litros. Pode estar associado à caixa de velocidades automática de dupla embraiagem EDC.

Com um elevado binário de 300 Nm, tem emissões de CO2 controladas e consumos mais reduzidos. Para respeitar as novas normas sobre emissões poluentes, este motor está dotado de um filtro de partículas, homologado de acordo com o novo protocolo WLTP.

O novo motor diesel Blue dCi 200 EDC está equipado com a tecnologia SCR (Selective Catalytic Reduction), de Redução Catalítica Seletiva com AdBlue, integrada na face do escape do motor. Para além disso, oferece mais potência que os motores até agora disponíveis (+ 40 cavalos), mais binário (+ 20 Nm) e melhores consumos.

Com 1.997cc de cilindrada e uma potência de 200 cavalos, o novo Blue dCi 200 é um motor de elevado desempenho. O binário de 400 Nm promete rápidas acelerações. Associado à caixa de velocidades automática de dupla embraiagem EDC, este bloco oferece agilidade e reatividade em todos os regimes.

A Renault recorreu a uma série de tecnologias que aumentam o desempenho e a eficiência deste propulsor,

O Water CAC (Compressed Air Cooler) é um refrigerador de ar comprimido que permite uma melhor regulação da temperatura dos gases de admissão, graças à refrigeração a água que melhora o desempenho e contribui para controlar os consumos e as emissões de CO2. Este dispositivo está integrado no repartidor de admissão do motor.

O atuador elétrico do turbo de geometria variável permite desempenhos ainda melhores, independentemente dos regimes.

Os injetores passam a ter 8 orifícios e a pressão de injeção do combustível atinge os 2500 bars (+700 bars) com o objetivo de reduzir as emissões e oferecer um melhor desempenho.

Outra inovação é o revestimento específico DLC de carbono tipo diamante nos balanceiros, para reduzir o atrito com as válvulas, e nas cavilhas dos pistões, o que contribui para controlar tanto os consumos como as emissões poluentes.

Finalmente, a tecnologia de despoluição SCR reduz as emissões de NOx. Com um funcionamento baseado numa solução de ureia (AdBlue), esta tecnologia permite tratar as emissões de óxidos de azoto (NOx), transformando o azoto em água. O reservatório de AdBlue é de fácil acesso e, quando cheio, permite percorrer cerca de 7000 quilómetros. Tal como acontece como o combustível, um sensor no depósito informa o condutor sobre a necessidade de reabastecimento de AdBlue.

 

Ler Mais


Comentários
Loading...