SEAT dá início à produção do Tarraco e-HYBRID

A versão híbrida plug-in do topo-de-gama da marca disponibilizará 245CV (180kW), o que faz dele o mais potente Tarraco produzido até à data.

Mas não se trata apenas de potência, já que, graças à bateria de iões de lítio de 13kWh, pode percorrer até 49km (58km em NEDC) em modo 100% elétrico. E ao usar os dois motores, elétrico e a gasolina, o SEAT Tarraco e-HYBRID pode proporcionar uma autonomia de até 730km.

A marca já disponibiliza o SEAT Mii electric e o SEAT Leon e-HYBRID – disponível nas versões de 5 portas e em Sportstourer. A introdução do SEAT Tarraco e-HYBRID leva os benefícios da eletrificação (performance e eficiência) aos SEAT no segmento SUV, completando, simultaneamente, um terceiro pilar na gama eletrificada do construtor.

O sistema híbrido plug-in do SEAT Tarraco e-HYBRID junta um motor a gasolina 1.4 TSI 150CV (110kW), um motor elétrico de 115CV (85kW), bateria de iões de lítio com 13kWh e uma caixa DSG de seis velocidades; conjunto que garante 245CV (180kW) de potência e 400Nm de binário.

O SEAT Tarraco e-HYBRID permite conduzir em modo puramente elétrico, proporcionando um alcance de 49km em WLTP (58km em NEDC), perfeito para aumentar a eficiência ou para viajar pelas ruas das cidades com restrições na qualidade do ar. E quando chegar o momento das viagens longas, o SEAT Tarraco e-HYBRID oferece a possibilidade usar os dois motores, o elétrico e a gasolina, de forma a poder percorrer cerca de 730km sem reabastecimento.

O SEAT Tarraco e-HYBRID arranca sempre em modo 100% elétrico (havendo carga suficiente na bateria). O modo de condução muda para Hybrid se a capacidade de energia da bateria descer de determinado nível ou se a velocidade exceder os 140 km/h. Em modo Hybrid, o condutor tem a possibilidade de, mantendo o tipo de assistência elétrica, aumentar ou reduzir um determinado nível de energia na bateria.

Adicionalmente aos diferentes modos híbridos plug-in (e-Mode, Hybrid Automático ou Hybrid Manual), acessíveis através do sistema infotainment, o SEAT Tarraco e-HYBRID inclui dois botões específicos (e-Mode e s-Boost) colocados junto do redesenhado e iluminado comando da caixa de velocidades.

O acesso direto à função e-Mode torna mais fácil conduzir em destinos urbanos em modo 100% elétrico com zero emissões; enquanto o botão s-Boost garante uma experiência de condução desportiva, com enorme performance.

Graças ao grupo motopropulsor, que combina energia elétrica com a de combustão, as emissões de CO2 situam-se entre 37-46.4g/km, correspondentes ao uso de 1.6 – 2.0 litros de combustível por cada 100km de acordo com ciclo oficial de testes WLTP.

Quando a carga da bateria chegar a um nível baixo, o sistema entra automaticamente no modo híbrido. Uma vez junto de uma fonte de eletricidade, a bateria pode ser recarregada em apenas 3,5 horas através de um carregador de 3.6kW (Wallbox), ou com um pouco menos de 5 horas através de uma fonte de 2.3 kW.

O SEAT Tarraco e-HYBRID está integralmente conectado através de sistemas internos e externos ao veículo. O grupo motopropulsor eletrificado permite ainda mais controlo quando o utilizador está fora da viatura, uma vez que a aplicação SEAT Connect permite aos utilizadores aceder aos dados do veículo remotamente, gerindo o processo de carga elétrica e programando a climatização à distância.

O SEAT Tarraco e-HYBRID ficará disponível na variante de cinco lugares, nas versões Xcellence e FR, apresentando-se como mais uma opção de adequar o veículo de forma específica às necessidades de cada cliente.

Desenhado e desenvolvido em Barcelona, no quartel general da SEAT em Martorell, o SEAT Tarraco e-HYBRID entra em produção esta semana em Wolfsburg.

Eletrificação SEAT além do convencional

O SEAT Tarraco e-HYBRID, SEAT Leon e-HYBRID e o SEAT Mii electric são apenas o princípio. A empresa também criou a SEAT MÓ, nova marca de mobilidade, com integração no portfólio da SEAT MÓ eScooter 125, uma scooter 100% elétrica, e duas versões eKickScooter: SEAT MÓ eKickScooter 25 e SEAT MÓ eKickScooter 65.

A SEAT também deu o arranque ao electromobility Learning Center (eLC), o novo centro de formação de mobilidade elétrica onde estão a ser formados mais de 15,000 funcionários em tecnologia híbrida e elétrica. Também deu início à construção do novo centro de testes energéticos (Test Center Energy), o seu próprio laboratório de baterias que permitirá testar, em laboratório, veículos, módulos de células e grupos de baterias.

E depois de ter assinado, no passado mês de julho, um acordo de colaboração estratégica com a Iberdrola e o Distribuidor Espanhol do Grupo Volkswagen, a SEAT continua a promover o desenvolvimento da mobilidade elétrica no país e a incentivar o uso de energias renováveis.



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...