Elétricos: Volkswagen ID.3 foi o mais vendido na Europa em outubro

As vendas de veículos eletrificados na Europa – a bateria (BEV), híbridos (HEV) e híbridos plug-in (PHEV) – aumentaram 153% no mês de outubro para as 302.587 unidades (cerca de 26,8% do total das vendas automóveis face aos 10% em igual período de 2019).

Graças a estes números, os plug-in híbridos, híbridos e elétricos representaram 26,8% das vendas e ultrapassaram pelo segundo mês consecutivo o setor dos Diesel (26,3%).

O elétrico mais vendido na Europa no mês de outubro foi o novo Volkswagen ID.3 com 10.590 unidades matriculadas em 27 mercados europeus e 10.475 unidades nos 20 principais mercados.

O segundo elétrico mais vendido em outubro na Europa foi o Renault ZOE com 9778 unidades, seguindo-se o Hyundai Kauai Electric (5261 unidades).

O Grupo Volkswagen é líder no segmento de veículos eletrificados com uma taxa de penetração de 25% (29% no segmento BEV).

Em termos de saldo global das vendas homólogas de janeiro a outubro, a pandemia continua a causar um forte impacto, com uma queda de 27% para 9,7 milhões de unidades no total, agravadas pela queda de 7,0% em outubro de 2020 (venderam-se 1.127.624 unidades), baixando para o nível de outubro de 2018.

O modelo mais vendido na Europa em outubro de 2020 foi o Volkswagen Golf, com 27.530 unidades, superando por larga margem o Renault Clio, com 22.588 unidades. O Opel/Vauxhall Corsa ficou no terceiro lugar graças às 21.220 unidades matriculadas em outubro. Seguiram-se o Peugeot 208 (19.130) e o Fiat Panda (19.046).

No segmento dos HEV, a Toyota ocupa os dois primeiros lugares de vendas com o Yaris Hybrid (13.338 unidades) e o Corolla Hybrid (9.728). Em terceiro, o Fiat Panda (9.611).

Finalmente, na categoria dos PHEV, a liderança pertence ao Mercedes-Benz Classe A (4209 unidades). Seguem-se o Volvo XC40 (3728) e o Volkswagen Passat (3606).



Notícias relacionadas
Comentários
Loading...