Covid-19: Sérvia doa 5.000 doses de vacinas à ex-inimiga Bósnia

A Sérvia doou 5.000 doses da vacina contra a covid-19 à sua ex-inimiga de guerra, a Bósnia, segundo revela hoje a agência Reuters. A Federação da Bósnia e Herzegovina, vizinha da República da Sérvia, encomendou 1,2 milhões de doses através do programa de ajuda aos países mais pobres (Covax), patrocinado pela OMS, e quase 900 mil à União Europeia, mas ainda não recebeu nem um único frasco.

No aeroporto de Sarajevo, o presidente sérvio, Aleksandar Vucic, entregou as vacinas aos membros da presidência tripartida da Bósnia, Sefik Dzaferovic, Zeljko Komsic e Milorad Dodik, prometendo enviar outras 5.000 doses nos próximos dias.

“Estou feliz por podermos salvar vidas com estas vacinas”, afirmou Vucic. “A Sérvia está a agir como amiga e vizinha de uma região que precisa de ajuda”, acrescentou.

Entre 1992 e 1995, a então República Federal da Jugoslávia, formada por Sérvia e Montenegro depois do desmembramento da antiga Jugoslávia, sob a liderança de Slobodan Milosevic apoiou os sérvios bósnios nacionalistas numa guerra devastadora para expulsar os muçulmanos e croatas da Bósnia e formar a “grande Sérvia”. Por causa desta questão morreram cerca de 100.000 pessoas em função do conflito que se gerou, como lembra a agência.

Até agora, a Bósnia registou 130.979 infeções e 5.071 mortes provocadas pela covid-19, segundo os dados obtidos pela Reuters.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...