Filho do advogado de Donald Trump pondera entrar na corrida à liderança de Nova Iorque

Andrew Giuliani, filho do advogado de Trump, Rudy Giuliani, anunciou que está  “a ponderar seriamente” candidatar-se a governador de Nova Iorque nas próximas eleições e confessou que já falou com o ex-Presidente norte-americano sobre o assunto.

“Falei com o Presidente Trump na segunda-feira sobre a política de Nova Iorque, analisámos os números e disse-lhe que estava disposto a entrar na corrida para o cargo de governador”, informou Giuliani, numa entrevista ao Washington Examiner.

Para qualquer republicano, uma bênção política do ex-Presidente dos EUA pode significar uma vitória nas primárias do partido, e Giuliani, ex-funcionário da Casa Branca e parceiro frequente dos jogos de golfe de Donald Trump, tem  noção disso. No entanto, também sabe que o antecessor de Biden pondera apoiar Lee Zeldin, um congressista do Partido Republicano, muito amigo da família Trump, como explica o Politico.

“Às vezes, a política pode transformar-se num cenário sangrento, mas a verdade é que nós os dois queremos o melhor para Nova Iorque. Além disso, pedi a Trump que esperasse o resultado das primárias republicanas antes de escolher quem vai apoiar”, esclareceu Giuliani, quando questionado sobre o possível apoio do ex-ocupante da Casa Branca a Zeldin.

Os Giuliani estão muito ligados à política de Nova Iorque, núcleo empresarial do império Trump. Entre 1994 e 2001, Rudy Giuliani, o pai de Andrew, foi presidente da Câmara Municipal, tendo ainda sido advogado do Estado entre 1983 e 1989.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...