EUA: Joe Biden vai oferecer 126 milhões de euros à Palestina para reavivar laços entre Estados

A Administração Biden vai apoiar a Palestina com 150 milhões de dólares (cerca de 126 milhões de euros), restaurando assim parte do financiamento que foi cortado por Donald Trump, informa a Reuters.

A maior parte deste montante vai ser canalizada rumo à Agência para a Ajuda Humanitária das Nações Unidas (UNWRA) e deve ser anunciada amanhã pelo Departamento de Estado. No discurso, a que a agência britânica teve acesso, a Casa Branca justificará o investimento como parte de um esforço para reparar os laços cortados entre EUA e Palestina, durante o mandato de Trump.

Joe Biden já se tinha comprometido a mudar a agenda norte-americana no Médio Oriente, nos últimos anos tendencialmente favorável a Israel. Entre as primeiras medidas a serem revertidas, o Presidente norte-americano prometeu, além de voltar a financiar a ajuda humanitária no país, reabrir uma missão diplomática no território.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...