Questões e Reflexões BANI

Por Nelson Pires, General Manager da Jaba Recordati

Já viram que a digitalização do trabalho, as novas formas de trabalho como o trabalho remoto, a importância do “work life balance”, deixaram de ser jargões de cérebros intelectualmente superiores para a realidade, com o advento da pandemia e dos “blockouts”? E que a transição energética vai acontecer mais rapidamente por causa da necessidade da Europa (nomeadamente a do Centro e Norte) ter de reduzir a sua dependência energética face à Rússia? E que o maior opositor da NATO que estava a desmoronar-se, ganhou vida nova com a invasão e guerra de Putin (seu maior opositor), reforçando a necessidade de uma organização que garanta a segurança colectiva dos países democráticos? Que a coesão europeia ainda não é uma realidade? Que o hacking e  a cibersegurança não é uma brincadeira de “nerds” desinteressados que querem revolucionar o mundo? Que o investimento militar dos países vai voltar a ser mais de 2% do PIB por causa da guerra fria 2.0? Que a globalização morreu e a blocalização (blocos económicos e sociais auto-sustentaveis na produção e consumo, com cadeias logísticas curtas, e com os mesmos valores e princípios comuns) nasceu? Que a Inflação e aumento das taxas de juro voltaram a ser uma realidade, acabando com o dinheiro barato? Que os líderes deixaram de ser POLC e passaram a ser POLCI (Planificar, Organizar, Líderar, Controlar e a terem de Integrar)? Que há uma nova tendência geracional “nem-nem-nem” de jovens que não querem nem trabalhar nem estudar (por motivos vários, sendo que a maioria até nem é culpa dos jovens)? Ou que o fenómeno da “grande renúncia” e desejo de flexibilidade laboral não é exclusivo dos EUA ? Que o metaverso já é uma realidade, a aposta das gigantes da tecnologia, e a grande maioria das pessoas nem sabe o que é? Que as plataformas digitais e redes sociais são um dos principais meios de denúncia e mobilização social, mas também. cada vez mais palco para campanhas de ódio, difamação política e notícias falsas, sendo uma verdadeira ameaça à democracia que ninguém sabem como controlar, mantendo o respeito pelo direito à livre opinião? Que a China já é a segunda maior economia do mundo e mais de 20% da classe média mundial reside neste país, mas não é um regime democrático? Que as cadeias logísticas deixaram de ser uma “commoditie” para parasitarem a ser um elemento fundamental na cadeia de valor? Que o sistema escolar é crucial em qualquer sociedade mas não pode apenas estimular a “inteligência racional” mas deve também promover a “emocional” (QE)? Que os radicalismos e populismos (nomeadamente os políticos) se tornaram na nova contracultura em formato 2.0 dos insatisfeitos com o dito “sistema”?

O mundo mudou, BANI provavelmente já não descreve este mundo sem respostas e inúmeras questões mas ainda é o melhor termo para o definir!

Comentários
Loading...