Vulcão de La Palma: Explosões intensificam-se e obrigam a isolar bairros e suspender voos

O vulcão Cumbre Vieja, que entrou em erupção no último domingo em La Palma, encontra-se numa fase explosiva cada vez mais forte, o que obrigou a isolar alguns bairros e suspender voos, segundo o ‘El Mundo’.

A coluna de gases da erupção já atinge uma altura de seis quilómetros acima do nível do mar e apesar de o curso principal ter desacelerado, avançando a uma velocidade de menos de 1 metro por hora, apareceu uma nova língua de lava ao longo do flanco sul.

Por conta da situação, a direção do Plano Especial de Proteção Civil contra Risco Vulcânico (Pevolca) ordenou esta tarde que a população que ainda não foi retirada dos bairros de Tajuya, Tacande de Arriba e Tacande de Abajo, em La Palma, tinha de ficar confinada nas suas habitações, isolando estas zonas.

O organismo explica que a explosão da erupção iniciada no domingo intensificou-se, aumentando a quantidade de material piroclástico expelido. A emissão de cinzas também está a ficar cada mais forte.

O impacto do vulcão também já se faz sentir na indústria aérea. A Iberia decidiu cancelar o voo que estava programado para esta sexta-feira à tarde entre Madrid e a ilha de La Palma, bem como o voo de regresso do arquipélago devido à evolução da nuvem de cinzas.

Um porta-voz da empresa explicou ainda que a decisão de realizar ou não voos nos próximos dias, será tomada com base na evolução da nuvem de cinzas.

Para além disso, outras companhias aéreas como a Canaryfly ou Binter, também decidiram cancelar as suas operações programadas para esta tarde no aeroporto de La Palma, adianta o jornal.

As empresas disseram que a paralisação da operação vai manter-se até que as condições melhorem e permitam o voo, garantindo a segurança das operações. Atualmente, ainda não é possível fazer uma previsão de quando os voos para La Palma serão retomados.

Ler Mais


Comentários
Loading...