Ucrânia: Rússia vai conduzir referendos nos territórios ocupados a 11 de setembro, acusa Inteligência ucraniana

O Kremlin pretende conduzir uma série de referendos a 11 de setembro nos territórios ucranianos ocupados, especialmente em Kherson e Mariupol, denunciou esta sexta-feira o diretor dos serviços de Inteligência ucranianos, Vadim Skibitski, que recordou que a Rússia já terá emitido até 800 mil passaportes nas regiões de Donetsk e Lugansk.

“Não devemos esquecer que lá, nos territórios ocupados das regiões de Donetsk e Lugansk, foram emitidos cerca de 800 mil passaportes de cidadãos russos. Este é um fator poderoso que a Rússia vai usar como desculpa para ‘proteger os cidadãos russos que vivem na Ucrânia”, explicou o responsável, que enfatizou que os planos de Moscovo de avançar para as fronteiras administrativas de Donetsk e Lugansk ainda não foram alcançados.

O conselheiro do autarca de Mariupol, Petro Andryushchenko, denunciou esta quinta-feira que a Rússia pretende realizar, este domingo, um referendo na cidade sitiada.



Comentários
Loading...