Ucrânia: Rússia exige que as anexações sejam reconhecidas pelo Ocidente antes das negociações de paz

A Rússia apontou que a recusa do Ocidente em reconhecer os “novos territórios” conquistados à Ucrânia torna as negociações de paz mais difíceis, em resposta à disponibilidade do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em se encontrar com Vladimir Putin. O Kremlin garantiu estar aberto a negociações mas não à exigência do Ocidente que saia da Ucrânia.

A Rússia anexou ilegalmente quatro regiões ucranianas no final de setembro, sem controlar nenhuma delas – nove meses após a invasão, perdeu mais da metade das terras que conquistou.

Joe Biden apontou, esta quinta-feira, que estava pronto para se encontrar com o líder russo “se de facto houver interesse em que ele decida que está à procura de uma maneira de acabar com a guerra”.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, apontou anteriormente que Putin permaneceu aberto a negociações destinadas a “garantir os nossos interesses”. Mas Moscovo certamente não estava pronta para aceitar as condições dos EUA: “O que o presidente Biden disse de facto? Disse que as negociações só são possíveis depois de Putin deixar a Ucrânia”, lembrou, frisando que a exigência complicou a procura por uma base mútua para as negociações.

Também Sergey Lavrov, ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, reclamou que os países europeus não ofereceram nada de concreto até ao momento em termos de mediação. “Macron tem afirmado regularmente nas últimas duas semanas que planeia uma conversa com o presidente russo”, disse, acrescentando que a Rússia não recebeu qualquer sinal por meio dos canais diplomáticos.

Em visita à Ucrânia, o arcebispo de Canterbury, Justin Welby, disse que não poderia haver paz até que a Rússia parasse de mentir sobre o que estava a fazer na Ucrânia. Em Bucha, onde as tropas russas são acusadas de cometer crimes de guerra no massacre de centenas de civis, disse: “Não pode haver caminho a seguir com base em mentiras. Foram cometidas aqui atrocidades.”

Ler Mais



loading...
Notícias relacionadas