Ucrânia reforça segurança nas embaixadas no exterior depois de ataque com uma carta bomba em Madrid

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, ordenou esta quarta-feira o reforço da segurança em todas as representações diplomáticas no exterior após a explosão de uma carta bomba na Embaixada de Madrid, no qual um funcionário saiu levemente ferido.

O funcionário que recebeu o objeto que chegou através do correio teve de ser assistido no hospital Nuestra Señora de América.

Um porta-voz do ministério ucraniano, Oleg Nikolenko, confirmou o incidente na rede social ‘Twitter’, enfatizando que a vida do trabalhador ferido não está em perigo.

Kuleba exortou ainda o seu homólogo espanhol, José Manuel Albares, a tomar medidas “urgentes” para esclarecer o ataque, embora tenha realçado que as forças de segurança já foram destacadas para a zona.

O responsável ucraniano alertou ainda que tais ataques ou ameaças não vão intimidar a equipa diplomática no exterior ou interromper o seu trabalho diário para combater a agressão russa.

Ler Mais



loading...
Notícias relacionadas