Ucrânia: “A NATO está a fazer literalmente nada”, acusa ministro ucraniano

A NATO “está a fazer literalmente nada” para impedir a Rússia”, segundo acusou esta quarta-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, em declarações proferidas no Fórum Económico Mundial em Davos, na Suíça.

“A NATO como aliança, como instituição, está completamente à margem e não faz literalmente nada. Lamento dizer isso”, apontou o responsável diplomata, que elogiou a União Europeia pelas suas decisões “revolucionárias e inovadoras, que nem eles mesmos esperavam tomar” para apoiar Kiev.

No início da guerra da Rússia na Ucrânia, “havia um sentimento público de que a NATO era a força forte e a União Europeia só era capaz de expressar vários níveis diferentes de preocupação”, explicou Kuleba. “Mas a guerra é sempre um teste que tira as máscaras.”

Dmytro Kuleba rejeitou ainda a alegação de Moscovo de que estava pronta para fornecer um corredor humanitário para navios que transportam alimentos para deixar a Ucrânia em troca do levantamento de algumas sanções. “Não se poderia encontrar melhor exemplo de chantagem nas relações internacionais.”



Comentários
Loading...