Tensão militar com China leva Taiwan a aprovar pacote militar de 7,4 mil milhões de euros

A tensão militar entre a China e Taiwan está no seu pior nível dos últimos 40 anos, defendeu esta 4ª feira o ministro da Defesa de Taiwan, Chiu Kuo-cheng, que garantiu um novo pacote financeiro para material militar. Desde a última 6ª feira que perto de 150 aviões militares chineses, incluindo bombardeiros nucleares, invadiram o espaço aéreo de Taiwan.

“Para mim, como militar, a urgência está mesmo à minha frente”, afirmou o ministro ao comité parlamentar de Taiwan, na sequência da aprovação do reforço das verbas militares em 7,4 mil milhões de euros nos próximos cinco anos, sobretudo para a aquisição de mísseis e navios de guerra.

De acordo com o responsável do Governo, a China “tem capacidade para montar uma invasão em toda a escala em 2025” para reclamar o território no qual nunca reconheceu a independência. Os EUA, principal fornecedor de armamento a Taiwan, já confirmou o seu compromisso “a toda a prova” para com Taiwan e criticou as agressões chinesas. O presidente americano, Joe Biden, já inclusive conversou com o seu homólogo chinês, Xi Jinping.




Comentários
Loading...