Televisão alemã revela novas provas contra o principal suspeito do rapto de Madeleine McCann

O canal de televisão alemão Sat.1 revelou esta quarta-feira ter descoberto novas provas “chocantes” contra o homem suspeito de ter raptado Madeleine McCann. Jornalistas e antigos investigadores que trabalharam num documentário sobre os incidentes na Praia da Luz, em 2007, afirmaram ter provas de que Christian B, principal suspeito do rapto da criança inglesa, estava perto da Praia da Luz quando Madeleine, então com 3 anos, desapareceu, a 3 de maio.

Juliane Ebling, editora do canal alemão, garantiu: “A triste história de Madeleine McCann é uma história que tem muitas facetas alemãs”, acrescentando que uma das suas jornalistas, Jutta Rabe, “pesquisou material chocante na Alemanha, Portugal e Inglaterra nos últimos meses, que incrimina fortemente Christian B”.

O suspeito alemão, cujo nome está ‘protegido’ pelas leis de privacidade alemã sobre presos, está a cumprir uma pena de sete anos de prisão na Alemanha por violar uma americana de 72 anos no Algarve em 2005, e está sob investigação em três outros casos – que incluem a agressão sexual a uma menina de 10 anos em Portugal em 2007 e o abuso de crianças na cidade algarvia de São Bartolomeu de Messines, em 2017. Friedrich Fulscher, advogado de Christian B, apontou que o seu cliente “negou qualquer envolvimento” no desaparecimento de Madeleine McCann.



Comentários
Loading...