Suspeito de matar jovem nos festejos do FC Porto já foi detido pela PJ

A Polícia Judiciária (PJ) já procedeu à detenção e identificação de um jovem de 19 anos, suspeito de matar outro nos festejos do título do Futebol Clube (FC) do Porto, no passado sábado, à facada.

A informação foi avançada esta terça-feira pela própria PJ, através de um comunicado publicado no seu site.

“A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve na noite do dia de ontem, 09.05.2022, um homem pela prática do crime de homicídio qualificado”, lê-se.

Segundo a mesma nota, “os factos ocorreram na madrugada do dia 08.05.2022, na cidade do Porto, em retaliação por uma sucessão de agressões que, desde janeiro deste ano, vinham ocorrendo entre o arguido, familiares deste e a vítima”.

“Na ocasião, um grupo de indivíduos, de entre os quais o arguido, perseguiu a vítima, alcançando e agredindo a mesma com murros e pontapés”, escreve ainda a mesma polícia.

A PJ acrescenta que “dada a intervenção de alguns populares, que foram igualmente agredidos, a vítima logrou afastar-se do local, vindo a ser surpreendida pelo arguido, o qual, munido de uma arma branca de dimensões significativas, a atingiu repetidamente e com extrema violência, provocando-lhe a morte”.

“Em ato contínuo, todo o grupo agressor dispersou, tendo-se o arguido colocado em fuga”, acabando por ser identificado e detido no dia de ontem.

A polícia refere ainda que apesar do “contexto de enorme confusão em que os factos ocorreram e a existência de diversa informação errada transmitida, foi possível, em resultado de um trabalho ininterrupto e exaustivo de recolha de prova, reunir em menos de 48 horas elementos probatórios e, simultaneamente, localizar e deter o presumível autor das agressões mortais”.

“O detido, de 19 anos, empregado de limpeza, sem antecedentes criminais, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas”, conclui.

Ler Mais


Comentários
Loading...