Sondagem: 67,6% dos portugueses quer semana de 4 dias de trabalho…mas sem perda de rendimentos

Os portugueses querem uma semana de trabalho de quatro dias sem que isso implique perda de rendimentos, revelou esta sexta-feira um sondagem da Intercampus para o ‘Correio da Manhã’: 67,6% dos inquiridos concordam com a possibilidade, sendo que há 23,6% que se mostraram contra. Os números mudam quando a redução da semana de trabalho implica menos dinheiro: 74,7% dos participantes recusou a mudança, enquanto apenas 19,8% mostrou-se dispostas a ganhar menos se isso implicar menos um dia de trabalho por semana.

Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, apresentou o projeto piloto há um mês de uma semana de trabalho de quatro dias no sector privado, garantindo que o “objetivo é mensalmente haver sempre uma redução e semanalmente também. O objetivo é que pode variar de dia para dia, não têm de ser todos os dias iguais”. No entanto, a mudança divide os inquiridos.

A sondagem, realizada junto de 605 cidadãos portugueses, apontou que 53,5% dos inquiridos não acreditam que esta mudança seja possível nas empresas onde trabalha, ao passo que 40,7% mostraram-se confiantes de que a medida pode avançar.




loading...
Notícias relacionadas