SEF causa ‘caos’ no Aeroporto de Lisboa: carros em excesso de velocidade não cumprem regras de pista e obrigaram mesmo à paragem de um avião

Dois carros do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras foram apanhados em excesso de velocidade na plana do Aeroporto de Lisboa, sem qualquer motivo de força maior, e obrigaram mesmo à travagem de um avião: num caso, circulava a 70 quilómetros por hora e não parou num sinal STOP; no segundo, o avião, que já estava a entrar para o stand, foi obrigado a travar, contrariando a prioridade que é dada a qualquer aeronave no tráfego aeroportuário, informou esta quarta-feira o jornal ‘Observador’.

O pacto de silêncio dos trabalhadores não permitiu à direção nacional do SEF quem foram os infratores nem os respetivos motivos. Ao jornal online, o SEF confirmou que foi aberto um inquérito interno “para apuramento dos factos”, tendo sido requerido à ANA Aeroportos para guardar e analisar as imagens de videovigilância do local – uma vez analisadas as imagens, será possível perceber “as condições em que terão ocorrido as alegadas infrações e aplicado o correspondente sancionamento disciplinar”, explicou o SEF.

“O envio das ocorrências ao SEF foi efetuado pela ANA Aeroportos, reportando uma situação de viatura em excesso de velocidade (a cerca de 70 km/hora), sem paragem num sinal STOP, e uma outra em que uma viatura do SEF terá obrigado à travagem de uma aeronave à entrada para o stand”, explicou o SEF, garantindo que “em momento algum o relatório de ocorrência enviado pela gestora da estrutura aeroportuária refere qualquer episódio que possa ser tipificado como de ‘corridas’, até porque não se tratam de situações simultâneas”. Quanto a uma eventual comunicação do caso à Procuradoria-Geral da República, o SEF não esclareceu se essa é uma possibilidade.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.