Se vai viajar para altitudes elevadas saiba o que deve fazer

Os médicos especialistas afirma que o viajante deve evitar viajar diretamente para altitudes elevadas.

Mas, caso tal aconteça, o viajante deve interromper a viagem de três em três noites a 2.550-3.000 metros de altitude, com o objetivo de prevenir a hipobaropatia.

O que é a hipobaropatia?

Conhecida como a doença da montanha, atinge muitos turistas que visitam locais muito acima do nível do mar. A hipobaropatia é provocada pela falta de oxigénio em locais superiores a 2 mil metros de altitude, e entre os sintomas mais frequentes estão:

  • dores de cabeça;
  • perda de apetite;
  • náuseas;
  • vómitos;
  • insónia;
  • fadiga;
  • sangramento nasal;
  • em casos extremos pode causar edema pulmonar ou cerebral.

Nota: Os viajantes com doenças cardíacas, pulmonares ou anemia são mais suscetíveis e devem procurar aconselhamento médico antes de viajarem para altitudes elevadas.





Comentários
Loading...