Rolls-Royce enfrenta crise da pandemia com negócio multimilionário

A Rolls-Royce não ‘fugiu’ aos efeitos da pandemia e revelou esta segunda-feira ter chegado a acordo para a venda da sua unidade em Espanha – ITP Aero, a ‘joia da coroa’ do construtor britânico – para um consórcio liderado pelo Bain Capital Private Equity por um valor a rondar os 1,7 mil milhões de euros. A venda permitiu a subida de 10% das ações da marca, atingindo o seu nível mais alto desde março de 2020, no início da pandemia.

A marca anunciara, em agosto do último ano, que precisava de capital para minorar os prejuízos causados pela pandemia do Covid-19.

A outro nível, a companhia das Ilhas Britânicas celebrou um acordo com a Força Aérea americana no sentido de fornecer os motores da frota de B-52 para os próximos 30 anos, um negócio que deverá render à Rolls-Royce 2,2 mil milhões de euros.



Comentários
Loading...