Operação Marquês: Juiz recusa suspender julgamento de Ricardo Salgado

O juiz Francisco Henriques recusou o requerimento da defesa de Ricardo Salgado para suspender o julgamento devido à doença de Alzheimer que, segundo um relatório médico do neurologista Joaquim Ferreira, estará a afetar o ex-banqueiro. A notícia foi avançada esta quinta-feira pela Rádio Renascença mas a defesa de Salgado ainda não foi notificada.

A defesa solicitou a suspensão do julgamento extraído da Operação Marquês, alegando situação clínica de Alzheimer do arguido. O pedido chegou recentemente ao processo mas teve resposta negativa por parte do coletivo de juízes. Ricardo Salgado, de 77 anos, pediu ao tribunal a suspensão do processo onde começou antes do verão a ser julgado por três crimes de abuso de confiança, fruto de uma transferência de 10,75 milhões de euros ligada à Operação Marquês.

A defesa admite a condenação de Salgado desde que seja a uma pena suspensa e também sugeriu ao tribunal que o processo fosse arquivado ou suspenso até haver evolução no estado de saúde de Ricardo Salgado.

Ricardo Salgado estava acusado no âmbito da Operação Marquês de 21 crimes económico-financeiros, mas acabou, a 9 de abril de 2021, por ser ilibado de 18 ilícitos, pelo juiz Ivo Rosa, do Tribunal Central de Instrução Criminal. O magistrado decidiu, ao proferir a decisão instrutória do processo, que o antigo banqueiro deveria, tal como outros dois arguidos, seria julgado sozinho.



Comentários
Loading...