Quando substituir a bateria custa mais do que o valor do veículo híbrido: cliente da Mercedes recebe conta ‘inesperada’

Comprar um veículo elétrico híbrido e ser informado que substituir a bateria era mais caro do que o valor do carro. Esta foi a sensação que o britânico Sanjit Singh, de 63 anos, teve quando se deslocou aos serviços da Mercedez-Benz – o seu veículo, comprado em segunda mão há quatro anos, por 32,2 mil euros, viu chegar ao fim o ciclo da vida da bateria após oito anos de utilização e para a substituir teria de desembolsar 17,91 mil euros, ao qual acrescentem mão de obra de 238,9 euros por hora.

“Sempre fui cliente da Mercedes, adoro os carros que eles produzem e comprámos este carro por causa da sua fiabilidade”, precisou Sanjit Singh, em declarações ao ‘Leicestershire Live’. “Estou horrorizado com o que aconteceu. Sinto que tenho apenas duas opções – ver-me livre do carro com apenas 8 anos ou gastar mais do que ele vale. De acordo com o ‘Auto Trader’ (site de carros usados), está avaliado agora em apenas 15,35 mil euros.”

Quando se aconselhou com um especialista em veículos híbridos, foi informado que não havia nada a fazer e que a substituição era a mais barata possível. Segundo relatou Singh, o próprio especialista possuía um Mercedes-Benz Hybrid de 2018 exatamente com o mesmo problema.

“Procurámos online nos fóruns da Mercedes-Benz e encontrámos muitas pessoas a enfrentar os mesmos problemas. Temo que isso só vai piorar”, explicou.

A Mercedes-Benz já se defendeu, garantindo que as informações estão disponíveis online e os clientes são informados do certificado da bateria no momento da compra.



Comentários
Loading...