Putin pode chamar até um milhão de soldados russos para a Ucrânia com a mobilização parcial

Um milhão de cidadãos russos pode ser chamado a lutar na guerra na Ucrânia devido à mobilização parcial anunciada por Vladimir Putin, revelou esta quarta-feira o jornal independente russo que opera no exílio ‘Novaya Gazeta’, que citou um funcionário anónimo do Governo de Putin.

O sétimo parágrafo do decreto, assinado pelo presidente russo na passada 4ª feira, e que está sob sigilo, permite ao Ministério da Defesa russo chamar até um milhões de pessoas, apesar de Sergei Shoigu ter anunciado que seriam 300 mil os convocados, todo com “experiência militar anterior”. “Não são as pessoas que nunca viram ou ouviram nada sobre o exército!, apontou”, acrescentando que os alunos “podem continuar a ir às aulas”.

Putin, n discurso transmitido pela televisão à nação, garantiu disse que o serviço militar só se aplicaria aos “cidadãos que estão atualmente na reserva, especialmente aqueles que serviram nas forças armadas, têm certas profissões militares e experiência relevante”.




loading...
Comentários
Loading...