Procura por detetives privados para investigar suspeitas de adultério ou traição deve crescer 135% em 2022, aponta estudo

Há cada vez mais portugueses a recorrer à contratação de detetives privados para investigar suspeitas de adultério e traição, segundo revelou um estudo da APP Fixando ao mercado da investigação privada – os números apontam para um crescimento da procura por estes serviços na ordem dos 135% até ao final do ano.

O adultério é o principal motivo (62%) que leva homens e mulheres a contratar especialistas em investigação privada, seguindo-se pedidos de vigilância (13%), procura de ativos ocultos (6%), verificação de antecedentes (5%) e a custódia de crianças (4%).

“Registei um aumento significativo de clientes desde o início da pandemia. As questões amorosas são as principais motivações dos casos que recebemos. Para além disso, pedidos de investigação de burlas e procura por pessoas e familiares desaparecidos também surgem com frequência”, explicou Carlos Gomes, investigador privado na zona de Aveiro.

As atividades mais requisitadas por quem recorre a serviços de investigação privada são a investigação detalhada (42%) e a localização (19%) de pessoas e a monitorização de atividade num local fixo (11%).

Em 2021, a procura por detetives privados já crescera 22%, face a 2020, e em janeiro deste ano a Fixando assinalou um crescimento de 136%, face ao período homólogo. Destacam-se os pedidos na região de Lisboa (20%), no Grande Porto (21%), em Aveiro (10%), Braga (9%) e Faro (95%).

“Muitas pessoas procuram os nossos serviços e não contratam face aos preços praticados, mas é essencial procurar profissionais credenciados. É necessário conhecer os limites éticos e legais da profissão e ainda saber onde termina a investigação privada e começa a investigação criminal. Um detetive privado pode colaborar com as entidades competentes, mas não pode fazer investigação criminal”, apontou Ricardo Baguim, do Porto.

Ler Mais



<
loading...
// Newsletter before author box publisher_show_newsletter_location( 'post_before_author', array( 'custom-data' => array( 'style-type' => 'wide' ), 'show-error' => false, ) ); // Push-notification message publisher_print_push_notification_widget( 'post-bottom' ); // Before author box ads publisher_show_ad_location( 'post_before_author_box', array( 'container-class' => 'better-ads-post-before-author' ) ); // Author box if ( publisher_get_option( 'post_author_box' ) == 'show' ) { publisher_get_view( 'post', '_author' ); } // Newsletter before nex/prev publisher_show_newsletter_location( 'post_before_nextprev', array( 'custom-data' => array( 'style-type' => 'wide' ), 'show-error' => false, ) ); // Next/Prev posts link if ( publisher_get_option( 'post_next_prev' ) !== 'hide' ) { publisher_get_view( 'post', '_next_prev_post' ); } ?>
Comentários
Loading...