OMS e CDC declaram sarampo como “ameaça global iminente” e a culpa é da Covid-19

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e os Centros pelo Controlo e prevenção de Doenças (CDC) emitiram um relatório conjunto esta quinta-feira no qual classificam o sarampo como “uma ameaça iminente à comunidade global”

Os dois maiores organismos de saúde pública global destacam que se verifica uma quebra recorde nas taxas de vacinação contra o sarampo e persistem grandes surtos da doença, pelo que o vírus respiratório é “uma ameaça iminente em todas as regiões do mundo”.

Thedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, falou em conferência de imprensa e disse que há uma necessidade “absolutamente crítica” de que os programas de vacinação contra a doença sejam reforçados e postos em dia, para evitar “uma doença que se pode prevenir”.

“A pandemia trouxe um paradoxo que é, enquanto as vacinas contra Covid-19 foram desenvolvidas em tempo recorde e lançada a maior campanha de vacinação da história, os programas de imunização de rotina foram gravemente afetados, e milhões de crianças falharam vacinas que podem salvar a vida contra doenças mortais, como é o caso do sarampo”, lamentou o responsável.

O sarampo é considerado uma das doenças mais contagiosas do mundo mas uma vacina, contra o sarampo, papeira e rubéola é normalmente administrada na infância e é cientificamente a melhor proteção e prevenção de futuros surtos. Segundo a OMS, atualmente os maiores surtos de sarampo do mundo ocorrem na Índia, Somália e Iémen.

A CDC alerta que nove em cada dez pessoas que não são vacinadas contra a doença vão ficar infetadas no futuro, no caso de uma exposição ao vírus que causa o sarampo.

O vírus é transmitido por partículas emitidas por espirros ou tosse de pessoas infetadas. Os sintomas mais comuns incluem febre, conjuntivite e sintomas semelhantes a uma constipação, bem como as características erupções cutâneas vermelhas e às manchas que aparecem, primeiro junto ao rosto e linha do cabelo, e depois se espalham pelo corpo.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.