O fim do ‘modo avião’ está para breve: UE vai permitir acesso à rede 5G durante voos

O habitual desligar do telemóvel ou colocá-lo em ‘modo avião’ podem ter os dias contados. As companhias aéreas poderão disponibilizar a mais recente tecnologia de 5g a bordo dos aviões, segundo a mais recente atualização da legislação sobre comunicações a bordo de voos, feita pela Comissão Europeia, pelo organismo que decide avanços da designação de frequências 5G.

Atualmente os passageiros são avisados, pelos assistentes de bordo e através de um sinal luminoso, para colocarem os telemóveis e smartphones em ‘modo voo’ durante a descolagem e aterragem. Esta medida de segurança impede que haja interferências com outros sistemas elétricos ou de comunicação a bordo dos aviões. No resto do voo é permitido usar uma rede wi-fi, disponível mediante pagamento em algumas companhias, depois de o avião atingir determinada altitude.

Desde 2008, aponta a Comissão Europeia, certas frequências móveis tinham uso limitado a bordo, mas, com os avanços da rede 5G, foi motivada uma alteração na legislação sobre comunicações em voos. Agora, anuncia Bruxelas, todos os passageiros a bordo de voos na União Europeia poderão manter os telemóveis e aparelhos eletrónicos ligados, podendo usar a rede 5G. “Poderão aceder esta concetividade “ao máximo da sua capacidade e características, como se se tratasse de uma rede 5G em terra”, estabelece a UE.
Segundo o Comissário Europeu para o Mercado Interno, Thierry Breton, a disponibilização desta rede “vai permitir criar serviços inovadores para as pessoas e aumentar as oportunidades de crescimento para as empresas europeias”. “O céu já não é o limite do que diz às capacidades oferecidas por uma rede super-rápida de alta capacidade de conexão”, descreve o responsável.

Para oferecer este serviço, as companhias terão de instalar uma estação própria para disponibilizar a rede 5G a bordo, o que permitirá fazer chamadas, enviar e receber mensagens, ou também poderão permitir dados móveis através de uma rede de satélite com ligação à rede terrestre.

A medida, sublinha a Comissão Europeia, foi introduzida também noutros meios de transporte terrestres, o que significa que carros, autocarros e outros ceículos poderão ter equipamentos de rede Wi-fi com frequências de banda 5 GHz. A medida, irá produzir efeitos, “na data mais tardia” a 30 de junho.




loading...
Notícias relacionadas