Monkeypox: Estados Unidos preparam-se para declarar surto como uma emergência de saúde pública

O Governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está a planear declarar o surto de monkeypox uma emergência de saúde pública, revelou esta quinta-feira o jornal americano ‘Washington Post’, citando fontes não identificadas.

Como os casos da varíola dos macacos a aumentar nos Estados Unidos, o secretário de Saúde e Serviços Humanos (HHS), Xavier Becerra, deve fazer o anúncio esta quinta-feira, uma declaração que, para muitos especialistas, já estaria atrasada – foi sinalizado que o surto agora representa uma ameaça significativa para os americanos e colocaria em ação uma variedade de medidas concebidas para mudar a maré. Isso daria às agências federais o poder de direcionar dinheiro para o desenvolvimento e avaliação de vacinas e medicamentos, para aceder a financiamento de emergência e contratar trabalhadores adicionais para ajudar a gerir o surto, que começou em maio.

A 2 de agosto, o presidente Biden nomeou dois altos funcionários federais para coordenar a resposta do seu Governo à varíola dos macacos, após declarações de emergência da Califórnia, Illinois e Nova Iorque – os casos já ultrapassaram 6.600 nos Estados Unidos.

O Governo americano distribuiu até meados de julho 156 mil doses de vacina contra a varíola dos macacos em todo o país, e estão já encomendadas mais 2,5 milhões de doses da vacina da Bavarian Nordic.



Comentários
Loading...