“Ministro vê o mundo de pernas para o ar. Tem de se pôr direito”, diz Fenprof. Professores vão integrar greve da Função Pública no próximo dia 18

Mário Nogueira, secretário-geral da Fenprof (Federação Nacional Dos Professores), anunciou esta sexta-feira que os professores vão integrar a greve nacional da Função Pública, agendada para o próximo dia 18.

“Decidimos entregar o pré-aviso de greve para o próximo dia 18, juntando os professores a toda a administração pública. Também há a concentração no dia 25, junto à Assembleia da República, no dia da votação do Orçamento do Estado. Vamos também avançar, entre os dias 14 e 24, com plenários distritais em todo o país para discutir com os professores esta proposta absolutamente inaceitável de revisão de concurso e no estatuto da carreira de docente em pontos fundamentais”, avançou o sindicalista, em conferência de imprensa.

“Já manifestámos a nossa disponibilidade para uma reunião com outras organizações sindicais e dessa reunião sair um plano de luta que, para nós, tudo está em cima da mesa enquanto forem estas as posições que o Governo tem tomado para os professores, ou seja, um tremendo ataque”, avançou, garantindo ser intenção avançar com vigílias e uma grande manifestação de professores.

O ministro da Educação, João Costa, foi igualmente visado por Mário Nogueira, cujas propostas são de quem “está a ver o mundo de pernas para o ar e o sr. ministro se calhar tem de se pôr direito para conseguir ver o mundo a sério e da maneira como ele é”.

Também o Sindicato Nacional do Ensino Superior (SNESup) anunciou ter emitido um pré-aviso de greve para 18 de novembro, abrangendo todos os profissionais do ensino superior e ciência, “face à deterioração das condições de trabalho”. Em comunicado, o SNESup garantiu estar em causa a “instabilidade e precariedade de vínculos contratuais e os bloqueios nas oportunidades de progressão e promoção nas carreiras” de docentes e investigadores das universidades, institutos politécnicos, escolas superiores não integradas e institutos de investigação.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.