Mercedes inventa um carro que lê a mente do condutor

A Mercedes inventou um sistema para que os seus carros possam ler a mente dos condutores, o que permitirá que certas operações sejam realizadas apenas quando se pensa nelas, avança o ‘El Confidencial’.

A empresa alemã incorporou o sistema – totalmente funcional, mas ainda em formato experimental – no seu ‘concept car’ Mercedes-Benz Vision AVTR.

Este modelo foi anunciado na CES em Las Vegas em 2020, mas esta versão controlada pela mente só será oficialmente apresentada na IAA Mobility 2021,que arranca esta terça-feira, na Alemanha. De acordo com a gigante alemã, os visitantes da feira poderão testá-lo.

Como funciona?

Controlar veículos com a mente é um dos grandes sonhos da ficção científica. O sistema Mercedes usa elétrodos que são fixados na parte de trás do crânio e captam a atividade elétrica do cérebro.

Esta atividade mental é analisada por um sistema de inteligência artificial que interpreta os seus desejos. A interpretação não acontece automaticamente.

De acordo com a Mercedes, isso requer um processo de calibração de um minuto que faz com que os utilizadores percebam vários pontos de luz no painel digital do Vision AVTR.

A empresa afirma que a “interface cérebro-computador”, ou BCI , “mede a atividade neuronal no córtex em tempo real. [O sistema] analisa as ondas cerebrais e reconhece em quais luzes está a focar sua atenção.

“Quanto mais intensa a atenção, mais intensa é a atividade neuronal, dizem os especialistas. “O dispositivo aciona a função adequada no veículo”, como abrir uma janela ou ativar o ar condicionado

As interfaces do cérebro não são novas e têm sido investigadas há décadas para aplicações como o controlo mecânico da mão, em pessoas que sofreram uma amputação, ou para restaurar a capacidade de expressão em pessoas que a perderam por acidente ou doença.

Ler Mais


Comentários
Loading...