Maquilhagem, máquinas de lavar e papel higiénico (entre outros): lista de produtos alvos de sanções à Rússia pela UE promete ficar bem maior

Da maquilhagem a charutos, passando pelas máquinas de lavar e papel higiénico, a lista de produtos afetados pelas sanções da União Europeia contra a Rússia está na iminência de ficar muito maior, apontou esta quinta-feira o jornal britânico ‘The Guardian’.

O projeto de lei de sanções, após o anúncio das medidas de destaque pela presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, na passada 4ª feira, quer restringir fortemente as importações e exportações de e para a Rússia. O executivo da UE propõs ainda limitar o preço do petróleo russo e impor novas restrições ao comércio de alta tecnologia como parte do oitavo pacote de sanções para “fazer o Kremlin pagar” pela escalada da guerra na Ucrânia – está tammbém proposta a proibição de cidadãos de União Europeia de terem presença nos conselhos de administração em empresas estatais russas.

A Comissão Europeia quer interromper a venda de eletrodomésticos europeus, incluindo máquinas de lavar, porque as autoridades acreditam que o exército russo tem ‘capturado’ esses produtos devido aos seus chips, uma vez que acabaram os semicondutores no país. A UE também quer restringir as importações de bens que geram rendimento para a Rússia, como a madeira, o papel e a celulose, cigarros e cosméticos.

Bolsas e malas, telefones e carros, papel e papel de jornal, roupas femininas, produtos de maquilhagem e de barbear fazem parte de uma longa lista de itens sujeitos a restrições comerciais que também inclui muitos produtos industriais, ferramentas e substâncias químicas.

Os embaixadores da UE vão discutir o novo pacote de sanções esta sexta-feira e é expectável que cheguem a acordo rapidamente. Recorde-se que é necessário que sejam aprovadas por unanimidade para poderem entrar em vigor.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.