Manifestantes climáticos colam-se em protesto a obra-prima com 200 anos em Londres

Dois ativistas climáticos colaram-se a uma obra-prima de 200 anos na National Gallery, de Londres, na passada 2ª feira, naquele que foi o mais recente episódio de uma série de protestos disruptivos do grupo ambientalista britânico ‘Just Stop Oil’.

A dupla cobriu a famosa pintura de paisagem de John Constable “The Hay Wain” com uma versão modificada da imagem antes de colocar as mãos na moldura. A manifestação ocorreu apenas um dia depois de cinco ativistas da ‘Just Stop Oil’ terem interrompido o Grande Prémio da Grã-Bretanha de Fórmula 1, depois de se tere sentado na pista de Silverstone. Na semana passada, membros do grupo também se colaram aos quadros de pinturas em Londres, Glasgow e Manchester, incluindo os famosos “Peach Trees in Blossom” de Vincent van Gogh.

Concluído em 1821, “The Hay Wain” está entre as obras de arte mais conhecidas da Grã-Bretanha. A versão modificada dos manifestantes viu o rio substituído por uma estrada pavimentada, com chaminés de fábrica retratadas ao fundo e aviões a voar por cima. A Polícia Metropolitana de Londres confirmou que duas pessoas foram presas por suspeita de danos criminais e mais tarde foram libertadas sob fiança enquanto aguardam mais investigações.

Ler Mais


Comentários
Loading...