Lisboa é a terceira cidade mais cara do mundo para se viver, aponta estudo

A cidade de Lisboa foi nomeada a terceira mais cara do mundo para se viver, de acordo com um estudo da seguradora inglesa CIA Landlord, que comparou os rendimentos com os preços da habitação e o custo de vida.

A pesquisa fez a comparação entre 56 cidades, tendo por base o rendimento médio disponível, em resultado da subtração do custo de vida e do valor de um T3 ao valor de um salário médio em cada metrópole.

Desta forma, segundo o mesmo estudo, o rendimento médio disponível de Lisboa fixa-se em menos 1.150 euros, ou seja, quem vive na capital tem de gastar mais mil euros para além do salário mensal.

Segundo os autores, isto acontece porque se subtrai ao salário médio de 1.037 euros, um valor de 1.626 euros de arrendamento de um T3 e 561 euros de custo de vida, com despesas com transportes, alimentação, água, eletricidade e lazer.

A pesquisa constatou ainda que a cidade menos viável financeiramente é Roma (Itália), com um rendimento médio disponível de menos 1.400 euros. Segue-se Londres (Reino Unido), também à frente de Portugal. Atrás, em quarto e quinto lugar estão a Cidade do México (México) e Paris (França), respetivamente.

Por outro lado, a capital da Suíça, Berna, foi considerada a cidade menos cara para se viver, com um rendimento disponível de 1.400 euros, seguido de duas cidades inglesas, Derby e Coventry.

Ler Mais


Comentários
Loading...