Função Pública promove concentração e plenário nacional na terça-feira em Lisboa

A Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais promove, no próximo dia 28 de junho (terça-feira), pelas 14:30h, em frente ao Ministério da Educação, uma Concentração e Plenário Nacional de Dirigentes, Delegados e Ativistas Sindicais.

Em comunicado, o sindicato informa que a ação visa “denunciar publicamente os problemas que afetam os trabalhadores das escolas e jardins de infância da Rede Pública, para os quais, apesar das promessas dos sucessivos governos para a sua resolução continuam a subsistir”.

“Simultaneamente, os dirigentes, delegados e ativistas sindicais irão entregar no Ministério da Educação, o Caderno Reivindicativo para o ano letivo 22/23, com a exigência da sua negociação, nomeadamente, dos aspetos cuja resolução é mais premente”, acrescentam.

Incluem-se por exemplo a “garantia do número de trabalhadores efetivamente necessário, sem recurso ao trabalho precário, para desempenharem funções de carácter permanente”.

Em causa está também a “atribuição da exclusividade de funções dos trabalhadores não docentes (assistentes operacionais, assistentes técnicos) nas Escolas que transitaram para a responsabilidade dos Municípios”.

A “manutenção dos contratos a termo certo resolutivo de todos os técnicos especializados de educação, com vista à sua integração nos mapas de pessoal” é outra das prioridades.

Por último, o sindicato defende ainda a “criação dos postos de trabalho nos mapas de pessoal, para assegurar a consolidação da mobilidade geográfica dos técnicos superiores”.

Ler Mais


Comentários
Loading...