Fórmula E cresce 32% nas audiências mundiais para 316 milhões de pessoas

A Fórmula E, prova que conta com o piloto português António Félix da Costa, teve um aumento anual de 32% nas audiências da televisão global na última temporada, com acordos abertos nos principais mercados que impulsionaram o crescimento após a pandemia de 2020, conforme foi divulgado esta segunda-feira. A competição de carros elétricos, detida pelo grupo de telecomunicações Liberty Global, disse que, pela primeira vez, a maioria dos telespectadores (62%) assistiu às corridas ao vivo e não como repetições ou destaques.

A audiência acumulada, após o fim da temporada 2021, aumentou para os 316 milhões de pessoas, apesar das limitações impostas pela pandemia do Covid-19, que resultou numa época mais curta e sem corridas na Ásia. A temporada, que decorreu entre fevereiro e agosto de 2021, foi a primeira sancionada pela FIA como um campeonato mundial, teve 15 corridas e Nyck de Vries venceu o título pela Mercedes na última corrida em Berlim. António Félix da Costa, da DS Techeetah, que defendia o título mundial, terminou no 8º posto da classificação geral.



Comentários
Loading...