Fim da rede 3G é uma má notícia para o seu veículo: conheça os modelos que vão ficar ‘offline’ em 2022

Diversas operadoras de redes móveis a nível mundial planeiam extinguir brevemente a rede 3G, devido à chegada do 5G e até da sexta geração (6G), que vão dominar o futuro próximo da tecnologia. No entanto, a decisão, que pretende libertar espaço de largura das bandas móveis para os futuros lançamentos da rede 5G, pode significar más notícias para o seu carro.

Diversos blogs já deixaram o aviso: A extinção do 3G vai afetar dezenas de modelos de veículos lançados entre 2010 e 2021, com alguns carros a perder a capacidade de atualizar a sua localização ou os dados de tráfego durante a condução. Outros haverá que não vão conseguir conectar-se com o seu smartphone, assistentes de voz ou serviços de chamadas de emergência.

Diversas marcas de automóveis já divulgaram informações sobre quais os modelos de carros que vão ser afetados pelo fecho do 3G – e que medidas devem tomar os proprietários para garantir que os seus veículos não percam certos recursos. Outras marcas, porém, tais como a Bentley ou Stellantis, embora tenham reconhecido que os seus carros serão afetados, recusaram-se a especificar os modelos.

Conhecidos publicamente estão os seguintes modelos:

Nisssan Acura: Modelos MDX produzidos entre 2014 e 2017 – ILX (2016-2017), RDX (2016-2017), RDX (2019-2021), RLX (2014-2016), TLX (2015-2017) e NSX (2017).

O site da Acura identificou sete modelos de veículos diferentes com recursos AcuraLink que ‘rodam’ em 3G, incluindo lembretes de tráfego e manutenção em tempo real, chamadas de emergência e serviços de assistência na estrada. A marca de luxo japonesa, de propriedade da Honda, diz que os motoristas devem entrar em contacto com um revendedor para atualizar o hardware dos seus carros se quiserem continuar a usar esses serviços após a extinção das redes 3G.

Audi: A3 e-Tron (2016-2018), A4/Allroad (2013-2018), A5 (2013-2018), A6 (2012-2015), A7 (2012-2015), A8 (2012-2018), RS 5 (2019), Q3 (2015-2018), Q5 (2013-2018) e Q7 (2012-2018).

Para cada um dos 10 modelos da Audi que serão afetados pela extinção do 3G, o site da Audi oferece uma visão geral dos recursos conectados que serão perdidos, desde assistência online na estrada e recursos de localização de veículos roubados, até preço de combustível em tempo real e informações de semáforos. Em dezembro último, a Audi e a empresa de software automóvel Mojio anunciaram uma atualização de hardware que deve permitir aos proprietários dos modelos afetados que se conectem a redes 4G.

Honda: Accord Touring (2018-2020), versõesTouring e Elite da Odyssey (2018-2020), Insight Touring (2019-2020), versõesTouring e Elite do Passport (2019-2021) e versões do Pilot Touring, Elite e Black Edition (2019-2022).

O site da Honda identifica o dia 22 de fevereiro de 2022 como a data em que a extinção do 3G poderá afetar alguns dod seus modelos. A empresa está a oferecer a atualização de software sem fios que deve reativar recursos do carro, como travagem remota, assistência em estrada e pontos de acesso Wi-Fi.

Segundo a Lexus, todos os modelos produzidos pela marca de luxo da Toyota entre 2010 e 2017 serão afetados, juntamente com os modelos GX a partir de 2018. O fecho dos serviços conectados desses carros vai ocorrer a 31 de outubro de 2022.

Nissan: Altima (2016-2017), GT-R (2017-2018), Maxima (2016-2017), Murano (2017), Pathfinder (2017), Rogue (2016-2017), Rogue Sport (2017-2018), Sentra (2016-2018), TITAN (2016-2017) e TITAN XD (2017), assim como alguns veículos elétricos LEAF de entre 2011 e 2015.

Porsche: 911 (2017-2019), 918 Spyder (2014), 718 (2017-2021), Cayenne (2015-2019), Macan (2017-2018) e Panamera (2014-2018).

Os veículos Porsche listados acima vão perder a conectividade 3G a 22 de fevereiro, informou a marca, que garantiu que alguns, não todos, os veículos serão elegíveis para uma atualização da tecnologia.

Subaru: Crosstrek (2016-2019), Forester (2016-2018), Legacy (2016-2018), Impreza (2016-2018), WRX (2017-2018), WRX STI (2017-2018) e Outback (2016-2018).

No site da marca japonesa Subaru pode ler-se que os sete modelos afetados vão ficar ‘offline’ em fevereiro mas está disponível uma atualização de software gratuita para assinantes dos serviços conectados Starlink Safety Plus ou Security Plus da Subaru.

Em julho último, a Tesla anunciou que os Model S construídos antes de junho de 2015 vão perder a conectividade em fevereiro de 2022.

Toyota: 4Runner (2010-2019), Avalon (2013-2018), Camry (2013-2017), Highlander (2014-2018), Land Cruiser (2011-2017), Mirai (2016-2017), Prius (2010-2016), Prius Plug-in (2012-2015), Prius V (2012-2016), RAV4 EV (2012-2014) e Sienna (2011-2017).

O site da Toyota informou que a conectividade 3G para os seus modelos afetados terminará a 1 de novembro.

Volkswagen: Atlas (2018-2019), Arteon (2018-2019), Beetle (2014-2019), CC (2014-2018), Eos (2014-2017) diversas edições do Golf (2014-2019), Jetta (2014-2019), Passat (2014-2019) e Tiguan (2014-2019).

Volvo: S60 (2015-2018), V60 (2015-2018), V60 Cross Country (2015.5-2018), XC60 (2015.5-2017), XC70 (2015.5-2016) e XC90 (2016).

Os veículos acima referidos das marcas VW e Volvo vão ficar ‘offline’ a partir de fevereiro.

Ler Mais


Comentários
Loading...