Estará Trump de volta ao Facebook e Instagram? Decisão é anunciada quarta-feira

O conselho de supervisão do Facebook vai anunciar a sua decisão sobre se a conta do ex-presidente, Donald Trump, deve ser restabelecida ou manter-se suspensa na manhã de quarta-feira, de acordo com o ‘Politico’.

A decisão, que o Facebook disse que será vinculativa, pode levar Trump de volta à maior rede social do mundo, ou eliminá-lo permanentemente da plataforma online. Para além disso, a situação marca um dos maiores testes de sempre para o conselho, que já anulou uma série de decisões do Facebook, mas nunca se pronunciou num caso desta magnitude.

Recorde-se que a empresa suspendeu as contas de Donald Trump, tanto do Facebook como do Instagram, no dia 7 de janeiro, um dia depois de os seus apoiantes terem invadido o Capitólio num ataque organizado em várias plataformas. O Facebook disse na altura que a sua conta representava o risco de incitar mais violência.

O exílio de Trump das redes sociais aconteceu mais tarde no mesmo mês, quando o Twitter o expulsou permanentemente da sua plataforma de assinatura e o YouTube suspendeu o seu canal indefinidamente, privando o ex-presidente de interagir diretamente com milhões de seguidores online, como habitualmente fazia.

Enquanto Trump foi expulso definitivamente do Twitter, Facebook e YouTube deixaram em aberto a possibilidade do seu regresso. A 21 de janeiro, o Facebook encaminhou a suspensão de Trump ao conselho de supervisão, que tinha 90 dias para chegar a uma decisão sobre o caso. A CEO do YouTube, Susan Wojcicki, disse que a conta de Trump será restabelecida assim que o risco de violência diminuir.

Membros do conselho de supervisão do Facebook, formado por advogados, académicos e outros especialistas externos disseram inicialmente que pretendiam julgar o caso de Trump o mais cedo possível. Mas as deliberações prolongaram-se para além do período de 90 dias, já que o conselho recebeu milhares de comentários públicos sobre o caso. Sabe-se agora que a decisão será tornada pública na quarta-feira, 5 de maio.

Ler Mais




Notícias relacionadas
Comentários
Loading...