“Em defesa da profissão e da educação”. Fenprof promove mobilização de professores na rua a 5 de outubro

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou esta quinta-feira que vai promover, no dia 5 de outubro, uma mobilização dos professores nas ruas do país.

Em conferência de imprensa para apresentar o balanço do ano letivo passado e perspetivar o próximo, o dirigente da Fenprof, Mário Nogueira, anunciou a novidade, a par de um conjunto de medidas que pretendem realizar a partir de setembro.

“A 5 de Outubro, Dia Mundial do Professor, menos de um mês depois de as aulas começarem, a Fenprof promoverá uma mobilização para que esse seja um dia de grande afirmação dos professores na rua, em defesa da sua profissão e da educação”, afirmou.

Adicionalmente, o responsável revelou ainda que a partir de setembro, “os sindicatos da Fenprof promoverão reuniões em todas as escolas do país e acompanharão o desenvolvimento dos planos de aprendizagem”.

Para além disso, anunciou, “a Fenprof vai também, entre setembro e outubro, organizar debates sobre temas da atualidade, do ambiente e da municipalização, aproveitando o período pré-eleitoral autárquico”.

Em jeito de balanço do ano que passou, Mário Nogueira revelou que mais de três mil escolas foram afetadas pela pandemia, o que contribuiu para “o agravamento de problemas” já existentes, que se prendem sobretudo com “a falta de investimento no setor da educação” e com “a inércia do ministério”.

Esta situação, adiantou o dirigente, vai levar ao “envelhecimento de mais de metade dos professores no ativo até ao final da década”, bem como à “perda de atratividade da profissão”, que pode contribuir para o “afastamento dos jovens em início de carreira”.

Ler Mais




Comentários
Loading...