“É provável, eu sou de lá”. Santana Lopes admite regresso ao PSD

O antigo presidente do PSD, Santana Lopes, admitiu que poderia regressar ao partido, de onde saiu há cerca de três anos, depois de ter perdido as eleições para o atual líder, Rui Rio.

Em entrevista à ‘CNN Portugal’, o responsável sublinhou que não está arrependido da decisão que tomou nessa altura, porque “houve uma ligação que acabou”. Contudo, não descarta um regresso.

“Gosto muito do PPD/PSD, nunca deixei de gostar”, disse Santana Lopes. “Há uma pessoa que quer muito (o seu regresso), que é a Conceição Monteiro. Acho que é provável, eu sou de lá, eu pertenço lá. Gosto de voar sozinho, mas sei qual é o meu bando”, afirmou.

Questionado sobre quando seria esse momento, o responsável diz que é algo que não tem claro, mas garante que, quando acontecer, será pela mesma porta por onde saiu, sem “palmas, assobios ou festas”.

Para além disso, Santana Lopes esclareceu ainda que se isso se vier a confirmar e decidir regressar ao partido, essa decisão nada terá que ver com uma eventual aproximação do PSD ao poder.

Sobre quando foi a última vez que falou com Rui Rio, o responsável disse que isso aconteceu ainda antes do Congresso do PSD, ao qual acabou por não ir: “Podia ter ido, podia ter estado na linha da frente, até podia ter falado”, referiu.

Santana Lopes deixou ainda elogios ao primeiro-ministro, António Costa, pela sua forma de gerir Portugal nas circunstâncias atuais. “Não vou dizer que foi um herói, mas gerir um país num processo de pandemia é dificílimo”, disse.

Ler Mais


Comentários
Loading...