De certeza que já ouviu falar em oleoduto, mas e em “cervejoduto”?

Parece brincadeira ou trocadilho de palavras mas, acredite, não é.

Bruges, a localidade medieval localizada no noroeste da Bélgica e Património Mundial da Unesco, é a morada deste “cervejoduto”.

São três os quilómetros de tubos que percorrem o subsolo das ruas históricas, um projeto inaugurado em setembro de 2016 pela cervejeira De Halve Maan.

A marca, uma das mais antigas da Bélgica ainda em atividade, teve de construir uma nova fábrica para dar resposta à procura do mercado, e fê-lo fora do centro de Bruges. Isso veio a originar um aumento de camiões a circular nas ruas medievais, o que colocava seriamente em risco todo aquele rico património.

Xavier Vanneste, o responsável pela cervejeira, decidiu então pedir a colaboração de peritos em túneis e deu vida ao “cervejoduto”, o qual transporta cerveja para encher cerca de 10 mil garrafas por hora.





Notícias relacionadas
Comentários
Loading...