Covid-19: Variante Delta mantém prevalência de 100% em todo o país

A variante Delta da Covid-19 continuou com uma prevalência de 100% em todo o país na última semana analisada. A conclusão é do mais recente relatório da “Diversidade Genética do novo coronavírus”, divulgado esta terça-feira pelo Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge (INSA).

“Na semanas 37 e 38 (entre 13 e 26 de setembro), com amostragens fechadas e análises concluídas, registou-se uma frequência relativa de 99.1% e 100.0% para a variante Delta (B.1.617.2), respetivamente. Os únicos casos “não-Delta” detetados na semana 37 referem-se à variante Gamma (P.1)”, pode ler-se.

INSA

O INSA sublinha ainda que na última “semana 39 (27 de setembro a 3 de outubro), apesar da variante Delta apresentar uma frequência relativa de 100%, este valor é provisório pois os dados ainda estão a ser apurados”.

Quanto à sub-linhagem Delta (B.1.617.2) AY.1, a chamada “Delta Plus”, o orgnaismo refere que “não é detetado qualquer caso desde a semana 32 (9 a 15 de agosto).

Relativamente às restantes variantes, “em contraste com as semanas 35 a 37, não foram detetados casos da variante Gamma (P.1). nas semanas ISO 38 e 39 (20 de setembro a 3 de outubro)”.

INSA

“Em particular, não foram detetados mais casos associados à cadeia de transmissão da sub-linhagem P.1.7 (com mutação adicional de interesse P681H na proteína Spike) recentemente detetada na Região do Alentejo” e “não é detetado qualquer caso associado à variante Beta desde a semana 29 (19 a 25 de julho)”, conclui o INSA.

Ler Mais


Comentários
Loading...